ANTRACNOSE: o que é e tratamento

Ajude o desenvolvimento do site, compartilhando o artigo com os amigos!

As pragas fúngicas causam enormes perdas econômicas todos os anos em todos os tipos de culturas. Combatê-los nem sempre é fácil e, em muitos casos, a única solução possível é destruir todas as plantas ou plantações infectadas.

Desta vez, vamos falar sobre a antracnose ou mancha fúngica das folhas, doença causada por um dos fungos mais perigosos e disseminados, principalmente em áreas quentes e úmidas. Se você quiser aprender mais sobre o que é antracnose e seu tratamentoEntre outros detalhes, junte-se a nós neste artigo do Ecologista Verde.

O que é antracnose

Também chamado cancro ou cancro, a antracnose é um sintoma de doença do plantas afetadas por fungos dos gêneros Gloeosporium, Collectotrichum e Coniothyrium fuckelii.

Geralmente ocorre em climas tropicais, com altas temperaturas e umidade, e pode ser reconhecida pela manchas marrom que aparecem nas folhas das plantas, ao redor dos nervos. Eles começam como pequenas manchas circulares que escurecem e se tornam necróticas. Além dos níveis de calor e umidade acima de 90%, uma das causas mais comuns de seu aparecimento é o sofrimento de feridas na planta, seja por podas descuidadas, golpes ou ataque de insetos.

Relativamente às culturas mais sujeitas ao seu ataque, encontram-se principalmente citrinos, oliveiras e alguns vegetais. Dessa forma, não é difícil ver sintomas de antracnose na manga, no abacate, no tomate, no mamão ou mesmo no café.

É raro que a antracnose possa causar sérios danos na maioria das espécies vegetais, mas representa uma séria perda econômica devido aos danos estéticos que causa aos frutos, que não são mais adequados para venda devido às inúmeras manchas cinzentas que apresentam. Levando isso em consideração, e o fato de que a praga afeta particularmente as culturas agrícolas, é um problema muito mais sério para os agricultores do que para os entusiastas da jardinagem ou proprietários de pequenos pomares.

Se suas plantas têm marcas escuras nas folhas, pode ser devido à antracnose, mas há mais causas possíveis. Aqui você pode aprender mais sobre manchas marrons nas plantas.

Sintomas e sinais de antracnose nas plantações

Existem sinais inequívocos de que as plantas estão sofrendo dessa infecção fúngica. Então, se você ver algum desses sintomas de antracnose nas folhas das suas plantas, não hesite em começar rapidamente a tomar as medidas e tratamentos que verá mais tarde.

  • Manchas redondas e escuras nas folhas.
  • Podridão.
  • Apodrecimento da folha e do caule.
  • Queda prematura de frutas e flores.
  • Manchas redondas e escuras nos frutos.

Antracnose: tratamentos

Há um grande número de medidas que podem ser tomadas como prevenção e tratamento para combater o ataque da antracnose. Estes são alguns deles:

  • Desinfete o solo antes de plantar: Recomenda-se a utilização de fungicidas ecológicos, embora também possa encontrar produtos químicos em lojas especializadas. Um solo devidamente desinfetado terá muito menos probabilidade de ter as condições adequadas para o desenvolvimento de antracnose e outros fungos. Além de aplicá-lo como prevenção, caso apareçam fungos, é melhor retirar as partes afetadas (ou toda a planta) e aplicar mais fungicida. Aqui, contamos a você tudo sobre os fungicidas caseiros mais eficazes e como fazê-los.
  • Fornece uma boa drenagem: É difícil melhorar a drenagem em grandes espaços de plantio, mas se for um pequeno jardim, você deve colocar um pouco de energia para garantir que seu solo tenha a melhor drenagem possível. Além disso, acumulações de água e lagoas não são apenas um excelente terreno fértil para esses fungos, mas também são prejudiciais para a grande maioria das plantações.
  • Separe bem as suas colheitas: Se a previsão do tempo anunciar uma estação chuvosa e com altas temperaturas, tente espaçar as estruturas de plantio umas das outras. Assim, se um deles infectar, você pelo menos dificultará a propagação do fungo para os adjacentes.
  • Remova ervas daninhas: a eliminação das plantas adventícias, comumente chamadas de “ervas daninhas”, também pode ser muito útil na prevenção da antracnose. Como seus fungos podem se espalhar em todos os tipos de plantas e gramíneas, até mesmo os gramados podem ser uma superfície a ser espalhada. Manter o solo livre de plantas adventícias retardará a disseminação do fungo e, portanto, você será capaz de localizar e isolar o foco mais cedo.
  • Elimine plantas danificadas: depois de localizar o foco infectado, não deixe nenhum vestígio. Remova as plantas afetadas e descarte seus detritos completamente.
  • Não molhe as folhas: Se puder evitar, procure não molhar a parte aérea das plantas. As folhas, caules e flores são especialmente suscetíveis ao ataque de fungos quando sofrem condições de umidade constante. Um sistema de irrigação direta ao solo é mais recomendado.
  • Evite a monocultura: Esta é uma medida muito benéfica contra todos os tipos de pragas e não apenas contra a antracnose. Além disso, ao usar culturas variadas, você reforça os microrganismos benéficos do solo, que ajudam a manter os fungos e elementos nocivos à distância.
  • Desinfete as ferramentas de poda: Essa é outra prática sempre recomendada, mas é especialmente importante nesses casos. Desinfete com álcool antes e depois da poda.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes a Antracnose: o que é e tratamento, recomendamos que você entre em nossa categoria de cultivo e cuidados com as plantas.

Você vai ajudar o desenvolvimento do site, compartilhando a página com seus amigos
Esta página em outras línguas:
Night
Day